Conheça o Inbound Marketing e aumente suas vendas

1

“Inbound Marketing pode ser considerado qualquer
tática de marketing que se baseia em ganhar o
interesse das pessoas ao invés de comprá-lo.”
(Hubspot)  

O Brasil é um dos países onde as pessoas mais passam tempo nas redes sociais. O Facebook é a principal rede social da atualidade, mas isso não quer dizer que ela sempre será a melhor para seu público. É preciso entender onde seu público-alvo está e interagir com ele,  através do estratégia certa de conteúdo. E aí que entra o Inbound Marketing.

2

  O Inbound Marketing possui diversas vantagens para a comunicação entre empresa e cliente. Conheça algumas:

❖      É mais permissivo;

❖     Possibilita a comunicação em via dupla: mais diálogo e interação;

❖     Possui custo relativamente mais baixo com melhores taxas de conversão: O Inbound Marketing possui custo de 62% a menos por lead do que o marketing tradicional, o que ajuda a viabilizar, ainda mais, a verba do cliente.

❖     O conteúdo da mensagem é mais envolvente e engaja mais as pessoas;

❖     Com ele, é possível acompanhar resultados em tempo real e modificar a estratégia imediatamente, se necessário.   Além disso, ele é preciso. Isso porque permite identificar, com mais facilidade, quem está interessado na sua empresa, produto e/ou serviço e conteúdo, quem é seu público-alvo e como atingi-lo.

O processo do Inbound Marketing ocorre em algumas etapas:

3Atrair tráfego;

Converter visitantes em leads;

Converter leads em vendas;

Fidelizar os clientes e aumentar as margens;

Encantar seus clientes = VENDER MAIS!

O atual mercado mostra que é necessária uma comunicação direta e precisa com o cliente, oferecendo a melhor experiência com conteúdo de qualidade, personalizado e dinâmico!

Conte com a Gestão de Redes Sociais!

Acesse já o nosso site: www.gestaoderedesociais.com

 

 

O botão motivador de cada um

gestaoderedes_26022018_blog

 

Muito se fala em como motivar e converter um lead em cliente, seja ele um passante olhando sua vitrine ou um visitante em um site. Quando o assunto é este, muitas técnicas e métodos foram estudados e empregados, a fim de agregar valor ao mercado cada vez mais preocupado em entender o consumidor. Afinal, toda ajuda é sempre muito bem-vinda!

Mas se pensarmos em como o seu cliente reage aos estímulos da sua loja, seja ela física ou virtual, e se pensarmos no que realmente motiva as pessoas a fechar negócio ou se tornar cliente de um restaurante, assinar uma tv a cabo, internet, ou jornal e revista: será
que chegaríamos a um denominador comum como uma receita pronta de bolo? Talvez, se pensarmos de forma segmentada.

 

Qual é o botão motivador do seu prospect?

Quando estamos vendendo algum produto ou serviço, nos preocupamos sempre em demonstrar as funcionalidades, ressaltar os benefícios e vantagens, além de enfatizar o custo-benefício adquirido no ato da compra. Mas será mesmo que o nosso possível cliente está interessado somente nisso ou ele deseja algo mais?

Quando um casal entra em uma concessionária de carros para avaliar suas possibilidades de compra e fazer o teste drive de um dos diversos modelos disponíveis, você até pode imaginar a situação vivida por eles: recém-casados ou será que ela está grávida?

Pergunte sempre: informação sobre seu público nunca é de mais. Afinal, neste contexto da concessionária, um carro família requer outros botões motivadores como prendedor da cadeirinha, espaço interno, conforto, segurança e não velocidade ou detalhes sobre a potência.

O mais importante é tentar descobrir qual o botão motivador deles, aquela variável determinante para a compra. Quando você descobre o que realmente move o seu prospect, o preço se torna secundário em relação ao que foi oferecido.

O botão motivador está ligado diretamente a um benefício/valor e não ao preço. Que valor tem um vestido novo para uma mulher? Ou um carro potente para um jovem? Um diploma de graduado em uma universidade ou, ainda, um apartamento para quem sempre viveu de aluguel?

Qual o botão motivador quando você escolhe em qual escola seus filhos vão estudar até
chegarem à universidade?

O botão motivador é o que faz o seu cliente decidir sobre a compra, é um valor (e não o preço) que ele espera e deseja muito conseguir ao obter o seu produto e/ou serviço. Não é fácil descobrir, mas você pode tentar fazendo um pequeno e único exercício:

Invertendo a lógica da situação e pensando o seguinte: se você fosse o cliente, quais motivações teria para fechar negócio com você mesmo?

Tente pensar de um jeito diferente, da ótica de cliente, e se surpreenda com os resultados!

Alexandre Itida – Maxisite.net

Por que fazer pesquisa de mercado?

Um estudo conduzido pela CB Insights revelou que quase 42% das startups falham pelo mesmo motivo: a falta de uma necessidade de mercado para determinado produto. O que você pensa sobre isso?

A pesquisa de mercado é mais importante do que se pode imaginar, porque ela permite a compreensão do processo de compra do consumidor. Isso porque  ao pesquisar o que os consumidores estão procurando e o envolvimento deles com um determinado produto e/ou serviço, é possível desenvolver uma estratégia de marketing inteligente, ou seja, com base em dados e não somente em opiniões.

Seguindo a tese defendida pelo livro A Arte da Guerra, de Sun Tzu, a pesquisa de mercado é essencial porque permite a observação da concorrência, ou seja, é uma excelente ferramenta para a melhoria de produtos e serviços da sua empresa. Além disso, você identifica onde o seu negócio se encaixa dentro da indústria global, aspecto fundamental para a consolidação da sua marca!

Os tipos de pesquisa

Primária | Secundária

A pesquisa de mercado primária  é um tipo de pesquisa realizada no início de um processo. Através dela,  é possível coletar informações sobre as vendas e a produção de marketing, por exemplo.

O segundo tipo de pesquisa de mercado é chamado secundária; utiliza sempre como base dados já existentes, fornecidos pelo IBOPE ou pelo IBGE, por exemplo.

Acesse o nosso site e conheça a Maxisite: www.maxisite.net

Marketing viral ​:::​ ​viralidade​ ​não​ ​nasce​ ​de​ ​berço,​ ​é​ ​construída

Um conteúdo viral é aquele que foi altamente compartilhado e reconhecido, dando visibilidade para a mensagem. Como isso acontece?

- Boca a boca é o principal fator; ele é responsável por 20 a 50% de todas as decisões de compra.

- 92% das pessoas que assistem vídeos em mobile compartilham com os amigos.

- 78% dos pequenos negócios atraem clientes através das redes sociais.

- 68% dos consumidores buscam empresas nas redes sociais antes de comprar qualquer produto.

Você​ ​sabia?

A geração Z busca 2x mais informações em redes sociais do que a geração Y e 4x mais do que a X.

- Mais de 50% dos executivos dão notas abaixo de 3 para suas empresas no seu trabalho com redes sociais.

- 50% dos consumidores são mais propensos a clicar em um link se a marca já apareceu múltiplas vezes nas suas pesquisas.

- 93% das pesquisas online começam com um mecanismo de busca.

Os​ ​7​ ​tipos​ ​de​ ​conteúdos​ ​virais

★ Artigos e posts de blogs Eles disponibilizam um conteúdo com fácil acesso e variadas visões de mundo.

★ Apps Unem utilidade com diversão, sempre há um espaço para um app novo no mercado.

★ Quizz As pessoas adoram responder um quizz, isso alimenta seus desejos.

★ Vídeo (incluindo vlogs) 69% dos usuários de smartphone acham que vídeos são a solução perfeita para consumir conteúdo neste dispositivo.

★ Áudio (incluindo podcasts) A melhor opção para atividades que ocupam o corpo (dirigir, fazer exercícios, trabalhar, etc.)

★ Infográficos Uma informação visualmente organizada, fácil e rápida de ser consumida.

★ Jogos A rotina estressante dá abertura para um momento de diversão; os jogos conquistam as pessoas e ajudam a relaxar.

Conheça​ ​as​ ​ ​características​ ​do​ ​Marketing​ ​Viral

#1 Artigos com mais de 2.000 palavras têm quase o dobro de compartilhamentos do que artigos com menos de 1.000 palavras;

#2 Listas têm altos números de compartilhamento (principalmente quando possuem 10 itens);

#3 ​Imagens ajudam um conteúdo a trazer, aproximadamente, o dobro de compartilhamentos;

#4​ ​O título é como uma paraquedas, se seus clientes não clicam nele é um mal sinal;

#5 ​Pra ser viral, o conteúdo precisa ser gratuito. Um conteúdo pago é difícil de ser compartilhado;

#6 Apela para as emoções. A neurociência mostra que as emoções são essenciais para quase todas as decisões que tomamos;

#7 Oferece umas promessa para o leitor: o que ele muda na sua vida, nos seus relacionamentos? Agregar valor é a palavra-chave;

#8 Apresentam números e estatísticas; esse tipo de dado é mais completo e traz uma visão mais clara sobre o assunto;

#9 ​Traz informações de uma fonte confiável, a autoridade de quem produz o conteúdo o torna muito mais atrativo;

#10​ ​Fornece o conteúdo relevante, de qualidade e que vale a pena ser compartilhado. Como podemos ver, adaptando Shakespeare, há mais coisas entre o céu e o marketing viral do que pode imaginar nossa vã filosofia. As pessoas agem pelo princípio de ação e reação, por isso, com o marketing viral não seria diferente.

Duas frases podem ajudar a refletir sobre tudo dito até então:

{O que está sempre na mente tem compartilhamento frequente.}

{Quando gostamos, compartilhamos.}

Na prática, é preciso pensar​ ​como o cliente.

Conheça a Gestão de Redes Sociais: www.gestaoderedessociais.com

Por que sua empresa precisa de um app móvel?

desenv-apps

Que os apps móveis estão transformando negócios e impactando pessoas ao redor do mundo, todo mundo sabe. Sua criação está crescendo de forma exponencial, o que era de se esperar, levando em consideração a velocidade da tecnologia de informação. A tendência é que os apps mobile sejam tão comuns como são os sites para pequenas e grandes empresas.

Fato é que os seus clientes não querem ou não podem perder tempo com deslocamentos físicos, buscando telefones de assistência, sendo atendidos por scripts de call centers, entre outras situações bem comuns, embora desagradáveis. O que eles buscam? SOLUÇÃO. Seus clientes desejam uma resposta ágil, adequada e eficiente. Aí é que entra o canal de comunicação oferecido pelo app móvel. No Brasil, é um grande diferencial dispor desse recurso, já que é necessária uma estrutura das empresas para que ele seja criado. Além disso, como mencionado anteriormente, o nível de atendimento a que estamos acostumados é muito baixo. De forma que o suporte oferecido pelo app móvel, mesmo no pós-venda, é alto e é a oportunidade para que você surpreenda os seus clientes e impulsione esse relacionamento tão importante para o bom funcionamento do seu negócio! Isso porque quando os serviços pós-vendas são ruins, o cliente não enxerga nenhum motivo para continuar fiel à sua marca – e muda para seus concorrentes por qualquer oferta de preço, mesmo que a qualidade de serviço seja inferior.

Pense em tudo o que um aplicativo móvel pode proporcionar aos seus clientes e obtenha um retorno positivo do seu investimento! Agora ficou fácil fidelizar sua base de clientes!

Desenvolvimento de aplicativo utilizando as melhores tecnologias para as plataformas móveis iOs, Android e Windows Phone​: Conheça e contrate!