Internet das coisas: fatos curiosos

maxisite_BLOG_18102018(1)

Você já ouviu falar em internet das coisas? A sigla IoT que, em inglês, é chamada de internet of things, tem ganhado cada vez mais espaço. Mas, afinal de contas, o que isso quer dizer? Objetos, recursos e cidades inteligentes! A internet das coisas possibilita facilidades desde desligar e ligar uma lâmpada até a contribuição para o funcionamento de cidades inteligentes, especialmente grandes metrópoles, reduzindo o desperdício de água, energia e regulando o fluxo urbano, entre outras vantagens.

Qualquer objeto que tenha uma tecla de ‘liga-desliga’, de maneira automática e programada, faz parte desse conceito. O objetivo principal é a facilidade conquistada em diversas atividades do dia a dia. Como, por exemplo, imagine que você está a caminho de uma reunião, aciona seu calendário, e tem acesso a melhor rota a ser seguida. Não só isso, dependendo do trânsito, seu carro pode enviar uma mensagem para a pessoa com quem vai se reunir notificando o atraso. Segundo especialistas da área, haverá mais de 20 bilhões de dispositivos interconectados até 2020. Além disso, alto-falantes e medidores elétricos estão entre os principais dispositivos na área de IoT.

Conheça alguns fatos curiosos sobre a Internet das Coisas!

1. A IoT pode prever necessidades

Imagine que ao usar diariamente os dispositivos conectados na sua casa, você receba notificações sobre o que precisa resolver. Como, por exemplo, produtos que estão faltando na sua geladeira?

2. Cidades inteligentes: uma realidade

Se você acha que é só na sua casa que a IoT pode existir, está redondamente enganado. Na Espanha, por exemplo, há dispositivos instalados para monitorar rachaduras em pontes e rodovias, além de monitores programados para ajudar idosos. Cidades inteiras, principalmente grandes metrópoles, podem se tornar inteligentes; reforçando a segurança e otimizando a produção e redução no gasto de energia.

3. Computadores não fazem parte da IoT

É que o termo é utilizado para dispositivos que geralmente não tem conexão com a internet (lâmpadas, geladeiras, carros), mas que através do trabalho árduo de desenvolvedores passam a realizar determinadas ações sem que haja necessidade de intervenção humana.

internet-das-coisas

Curtiu esse post? Confira todos os nossos serviços: www.maxisite.net

Assine nossa newsletter:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>