Inbound Marketing: como usá-lo para vender mais e melhor

maxisite_blog_2506]2019

O Inbound Marketing é movido pela ideia de que é preciso nutrir o público alvo com conteúdos relevantes, gerando tráfego e leads, a fim de manter essas pessoas engajadas para que elas se tornem clientes. Não é nenhuma novidade que uma das ferramentas mais usadas no Inbound Marketing é o SEO. Afinal, você precisa ter um bom posicionamento nos mecanismos de busca a partir das principais palavras-chave relacionadas ao seu negócio.

A estratégia é baseada em quatro fases de comunicação com o cliente: atração, conversão, venda e monitoramento. Mas para que ela dê certo é importante integrá-la ao trabalho da equipe de vendas, direcionando o foco para vender mais e melhor.  Confira nossas dicas para chegar lá:

Use o inbound marketing para conhecer o seu público

As landing pages são grandes aliadas na hora de conhecer o seu público, já que são páginas com o intuito de converter. Para isso, elas dispõem de um formulário para preenchimento de dados pessoais e contato, uma oferta de conteúdo que é disponibilizado após o preenchimento dos dados, um CTA, que define a ação planejada para o visitante e uma descrição com textos, vídeos ou imagens com o resumo do material.

Como fazer isso pode ajudar a equipe de vendas? O Inbound Marketing permite o desenvolvimento das chamadas “personas”, personagens fictícios que representam o consumidor ideal da empresa.

Integre o inbound e a prospeção 

No inbound marketing a prospecção é mais passiva, ou seja, é o público que vai até a sua empresa. Dessa forma, você só se relaciona com quem tem algum tipo de interesse no seu produto e/ou serviço. A melhor forma de gerar interesse nas pessoas é através de conteúdos relevantes, disponibilizados em redes sociais, blogs, sites, e e-mail marketing, por exemplo.

Conte com o inbound para cativar e fidelizar os seus clientes

Quando sua equipe conhecer melhor o público alvo tem a oportunidade de aprofundar o relacionamento com ele, o que pode ser muito pertinente para a realização do follow-up e o trabalho de fidelização. Esse tipo de estratégia quebra a ideia de que o consumidor recebeu uma “ligação chata” do vendedor.

Alinhe sua estratégia de vendas com o inbound marketing 

É muito comum que as empresas usem estratégias de inbound marketing, mas continuem usando métodos de vendas tradicionais. Se a equipe estiver focada num mesmo objetivo, as chances de sucesso são grandes! Por isso, não vale a pena vender sem criar um relacionamento com o cliente e sem educá-lo, o intuito é fazer com que ele enxergue o seu negócio como referência e o recomende a outras pessoas!

Você já usa as estratégias de inbound marketing na sua empresa? Conheça o nosso trabalho: https://www.maxisite.net/

Inbound marketing x Outbound marketing

maxisite_11092018

Quando falamos em inbound e outbound marketing estamos falando de duas estratégias ou modelos completamente diferentes, será que você já sabe que diferenças são essas e como elas repercutem no seu negócio?

A primeira coisa que precisamos desmistificar é a ideia de que há um modelo perfeito. Ambos podem ser eficazes, dependendo das suas necessidades e objetivos. Enquanto no Inbound Marketing a atenção é voltada para o cliente de forma espontânea e orgânica, no Outbound Marketing temos uma abordagem bem mais agressiva, movimentada principalmente pelas vendas.

A estratégia no Inbound Marketing é movida pela ideia de que é preciso nutrir o público-alvo, com conteúdos relevantes, gerando tráfego e leads, a fim de manter essas pessoas engajadas para que elas se tornem clientes. Não é nenhuma novidade que uma das ferramentas mais usadas no Inbound Marketing é o SEO. Afinal, você precisa ter um bom posicionamento nos mecanismos de busca a partir das principais palavras-chave relacionadas ao seu negócio.

Mas e na conversão? Landing pages podem ser uma excelente opção na captação de leads e conversão em clientes, por exemplo. Outros exemplos que podem ser usados no funil de vendas são: criação de conteúdos para blog e google adwords para atração de tráfego; criação de landing pages e uso de call to action para conversão desse tráfego em leads e, finalmente, marketing de conteúdo nas redes sociais para converter leads em clientes. E tem mais, com o Inbound Marketing você gasta bem menos do que no Outbound Marketing, já vimos o porquê – atração orgânica.

Do mesmo modo que a palavra cativar diz muito a respeito do Inbound Marketing, a expressão ir direto ao ponto diz muito sobre o Outbound Marketing. Embora muitas empresas prefiram o Inbound Marketing, ainda há empresas que utilizam o Outbound Marketing. Nesse modelo é possível montar um banco de dados com informações pertinentes para o departamento comercial sobre os clientes, no entanto o nível de rejeição é bem grande – o telemarketing é um exemplo.

Com um perfil de consumidor cada vez mais exigente e questionador, uma ferramenta poderosa como as redes sociais,  que facilita e viabiliza o relacionamento entre empresa e consumidor com um baixo custo, o Inbound Marketing é uma estratégia eficaz para todos os tipos de segmentos de mercado.

Conheça os nossos serviços: www.maxisite.net