Black Friday 2018: como se preparar?

maxisite_06112018

É evidente que a disputa pela atenção do consumidor só cresce, principalmente numa ocasião como a Black Friday. Focar nas redes sociais é uma forma de aumentar as chances de ser visto e, é claro, vender mais.

Segundo a Hello Research (2014) e Provokers (Julho/2018), em 2014 apenas 27% das pessoas tinham conhecimento da Black Friday. Atualmente, o número de pessoas chega a 99,5%. A mesma pesquisa levantou as principais barreiras entre os entrevistados que nunca compraram na Black Friday. Entre elas, 42% das pessoas disseram que nunca compraram porque não tinham dinheiro; 38% porque não confiavam nas ofertas ou nas lojas que fizeram a promoção; 30% disseram que as ofertas não valiam a pena. Isso nos mostra a importância não só dos preços divulgados, mas principalmente a preocupação que se deve ter com a imagem da marca. Transparecer credibilidade e confiabilidade não só nessa época, mas desde sempre é fundamental para a construção de uma marca sólida no mercado.

A Black Friday abre portas para as vendas em e-commerces, porque todos querem aproveitar bons preços e oportunidades de compras bacanas – pra si ou pra sua própria casa – com a justificativa de “eu mereço.” Muito embora a crise deixe os consumidores um pouco mais inseguros e racionais em relação ao consumo, é uma época em que as pessoas pesquisam sobre o que querem comprar. O que é muito pertinente pra quem divulga suas promoções e está sempre presente nas redes sociais.

Já falamos recentemente sobre a importância de conhecer a pessoa por trás das compras na sua loja, é esse o intuito do People Marketing . A pessoa por trás de cada interesse, curtida, comentário, clique, visita ao site, compra realizada ou compra abandonada no carrinho importa.

O mobile first é outro aspecto que chama atenção, 70% das buscas na Black Friday em 2017 foram feitas por smartphones ou tablets e 36,9% das compras também (Hello Research e Provokers). – Leia também: Mobile First: entenda a importância desse conceito.

Mas como se preparar? Usando todas as ferramentas ao seu alcance! O Instagram, por exemplo, é uma rede social muito poderosa no período da Black Friday. Ao longo deste ano lançou diversos recursos que integram o aplicativo e as lojas online, o que facilitou a forma do consumidor saber os preços sem ter que sair do stories ou do feed do Instagram da loja preferida. – Leia também: Instagram Stories: segredos do recurso para vender mais. Destacamos aqui o Instagram, mas nada impede que você faça ações nas outras redes sociais. Basta conhecer o seu público-alvo e pensar em estratégias efetivas pra que as vendas ocorram efetivamente.

Pensar em oferecer um diferencial também é importante diante de tanta concorrência. Lembra que falamos sobre isso no post 5 estratégias para vender mais na sua loja online?

O cross-selling é outra estratégia pertinente não só na Black Friday, mas durante todo o ano. A técnica consiste em oferecer produtos complementares aquele que o seu cliente comprou ou está disposto a comprar. –  Leia também: Cross-selling: 3 maneiras de usá-lo para vender mais.

Curtiu esse conteúdo? Confira em nosso site serviços que podem ajudar você a ter sucesso no seu negócio: www.maxisite.net

Fale com a nossa equipe pelo whatsapp: (24) 98839-6811

Desejamos boas vendas e boa sorte! ☘☘☘

5 ESTRATÉGIAS PARA VENDER MAIS NA SUA LOJA ONLINE

maxisite_BLOG_25102018

Já se perguntou alguma vez “o que estou fazendo de errado na minha loja?” Com certeza, você não está sozinho. Para que as coisas comecem a dar certo no seu negócio é importante ter uma visão geral do que realmente importa. A partir daí nasce a parte estratégica, ou seja, pensar em ações que possam trazer resultados.

A primeira impressão é a que fica faz todo o sentido em qualquer contexto, principalmente no de vendas. Por isso, investir não só no visual, mas também na responsividade da sua loja virtual é imprescindível. –  Leia também Site responsivo: por que preciso de um? Você pode, por exemplo, dedicar um espaço da sua loja somente aos produtos mais populares/mais vendidos, além de criar formas de tornar a visita do seu potencial cliente mais agradável.

Todo cliente gosta de se sentir especial, isso é um fato muitas vezes ignorado. Mas por que será que isso acontece? Existe uma falsa ideia de que quem realmente gosta da sua loja vai retornar e fazer outra compra sem que seja necessário algum tipo de esforço. No entanto, para que isso ocorra efetivamente é necessário alimentar constantemente o desejo dos seus clientes pelos seus produtos e/ou serviços. Uma das formas de fazer com que o seu cliente se sinta especial é personalizando a experiência dele. – Leia também Atendimento ou experiência: entenda a diferença.

Sabe quando você está comprando algum produto e aparece algo como “você também pode gostar de”, essa estratégia recebe o nome de cross-selling e costuma ser eficiente quando o assunto é vender mais. O cross-selling consiste em oferecer produtos complementares aquele que você comprou ou está disposto a comprar. Agora imagina que o seu cliente está fechando uma compra na sua loja online e vê outros produtos relacionados ou não com o que ele comprou, mas sobretudo produtos que ele vai gostar de ver. Isso é aliar o útil ao agradável e vender mais sem que haja aquela sensação de inconveniente.
– Leia também Cross-selling: 3 maneiras de usá-lo para vender mais.

Fazer remarketing é outra estratégia que vale a pena levar em consideração, em se tratando de uma ferramenta que identifica as pesquisas dos usuários na internet para  depois oferecer resultados em forma de anúncios. Existem basicamente 4 etapas em que podemos enquadrar os clientes no remarketing: a da descoberta, consideração, decisão e fidelização. Na primeira etapa, ele fica a par da necessidade ou desejo de adquirir algum produto e/ou – Leia também Remarketing: como usá-lo a favor do seu negócio.

Nem precisamos falar da necessidade de oferecer um diferencial, né? Vamos supor que sua loja esteja vendendo uma camisa por 80, e a loja concorrente por 70.  Você pode somar a essa camisa um bottom, como brinde. Dessa forma, mesmo que seu preço seja superior ao do concorrente, você atrai seus potenciais clientes muito mais facilmente. Isso acontece porque você oferece uma sensação de vantagem para o cliente, que mesmo vendo que o preço não é o mesmo, enxerga a compra na sua loja como um ganho a mais.

 

Curtiu esse conteúdo? Confira em nosso site serviços que podem ajudar você a ter sucesso no seu negócio: www.maxisite.net

Vença a crise com o Cartão Fidelidade Digital

maxisite_BLOG_27092018(1)

Vencer a crise pode parecer impossível, mas quando o assunto é sucesso não pode faltar persistência, dedicação e muita vontade! Mas, afinal de contas, como um programa de fidelidade pode ajudar você?

1. Fidelizando seus clientes: ​diante da crise que afeta o país é muito importante manter sua carteira de clientes crescendo, né? A ideia de um cartão fidelidade não é somente vender mais, mas vender por mais tempo.

O Cartão Fidelidade aumenta os resultados do seu negócio a curto e a longo prazo, podendo ser usado por pequenos, médios e grandes negócios. Não importa se você está abrindo um negócio agora ou se está no mercado há algum tempo, temos certeza de que o cartão fidelidade vai ajudá-lo a ter sucesso!

Atualmente, quase 500 mil brasileiros estão empreendendo informalmente, por causa da falta de emprego no Brasil. Aliás, se você está abrindo um negócio você já é uma pessoa de sucesso! E deve se preocupar principalmente em conseguir sua clientela. De que forma? Através de promoções, que podem ser criadas como um plus da inauguração do seu estabelecimento!

Exemplos:

Na compra de 3 sanduíches, ganhe um suco!

Na compra de 5 cortes, ganhe uma escova!

Complete 5 estrelas e ganhe pé e mão!

Complete 10 estrelas e ganhe um brinde exclusivo!

Caso você já esteja no mercado, o Cartão Fidelidade Digital é um excelente gatilho para continuar oferecendo experiências positivas e vantagens para os seus clientes!

Agora você deve estar se perguntando, “mas o esforço de atrair as pessoas pela primeira vez é muito maior”. O real desafio é o de manter as pessoas consumindo seus produtos e/ou serviços, principalmente diante da concorrência que às vezes pode oferecer preços menores. Como vencer a concorrência, então? Oferecendo o que ela não oferece, EXPERIÊNCIA​!

2. “Alimentando” o sentimento de novidade no seu estabelecimento: quem não adora uma novidade? Você pode alimentar esse sentimento no seu estabelecimento de forma muito simples! Possibilitando o ganho de alguma coisa para os seus clientes: um produto que você vende na loja, ao completar o programa de pontos, um brinde exclusivo, descontos progressivos e muito mais. Lembre-se de que a novidade é um aspecto super importante para fidelizar​ o seu cliente!

3. Oferecendo uma experiência ímpar: ​imagine que você crie uma promoção no seu salão de beleza. A sua cliente precisa completar 5 estrelas, ou seja, a cada serviço feito no seu salão ela ganha uma. Estrelas completadas, ela pode ganhar um corte de cabelo, uma massagem relaxante, ou o que você quiser, e ainda pode levar uma amiga.

Essa ação não só é capaz de reter a cliente que já frequenta o seu salão de beleza, como também abre portas para que você conquiste uma nova cliente (a amiga dela).

A experiência aqui é ter um dia relaxante, depois de um dia agitado no trabalho, com a amiga que ela simplesmente adora estar junto, mas que talvez não tenha tempo de encontrar com a frequência que gostaria.

4. Permitindo que você conheça mais a fundo os seus clientes: além de potencializar a fidelidade dos seus clientes antigos e conquistar novos, você também acaba aprendendo mais sobre os hábitos de compra do seu consumidor, seus desejos e necessidades e pode até até pensar em novos produtos ou promoções com base nas suas observações.

5. Usando os canais de comunicação a seu favor: com o Cartão Fidelidade Digital você divulga as promoções que quiser, com a quantidade de estrelas que desejar, e divulga o seu app através das redes sociais, whatsapp ou e-mail, aplicando os pontos diretamente pelo celular!

 

Agora, com todas essas dicas, o resultado só pode ser um: SUCESSO! Mãos à obra!

Contrate diretamente pelo site: www.cartaofidelidadedigital.com.br

Mais informações ou dúvidas, whatsapp: (24) 98839-6811

Inbound marketing x Outbound marketing

maxisite_11092018

Quando falamos em inbound e outbound marketing estamos falando de duas estratégias ou modelos completamente diferentes, será que você já sabe que diferenças são essas e como elas repercutem no seu negócio?

A primeira coisa que precisamos desmistificar é a ideia de que há um modelo perfeito. Ambos podem ser eficazes, dependendo das suas necessidades e objetivos. Enquanto no Inbound Marketing a atenção é voltada para o cliente de forma espontânea e orgânica, no Outbound Marketing temos uma abordagem bem mais agressiva, movimentada principalmente pelas vendas.

A estratégia no Inbound Marketing é movida pela ideia de que é preciso nutrir o público-alvo, com conteúdos relevantes, gerando tráfego e leads, a fim de manter essas pessoas engajadas para que elas se tornem clientes. Não é nenhuma novidade que uma das ferramentas mais usadas no Inbound Marketing é o SEO. Afinal, você precisa ter um bom posicionamento nos mecanismos de busca a partir das principais palavras-chave relacionadas ao seu negócio.

Mas e na conversão? Landing pages podem ser uma excelente opção na captação de leads e conversão em clientes, por exemplo. Outros exemplos que podem ser usados no funil de vendas são: criação de conteúdos para blog e google adwords para atração de tráfego; criação de landing pages e uso de call to action para conversão desse tráfego em leads e, finalmente, marketing de conteúdo nas redes sociais para converter leads em clientes. E tem mais, com o Inbound Marketing você gasta bem menos do que no Outbound Marketing, já vimos o porquê – atração orgânica.

Do mesmo modo que a palavra cativar diz muito a respeito do Inbound Marketing, a expressão ir direto ao ponto diz muito sobre o Outbound Marketing. Embora muitas empresas prefiram o Inbound Marketing, ainda há empresas que utilizam o Outbound Marketing. Nesse modelo é possível montar um banco de dados com informações pertinentes para o departamento comercial sobre os clientes, no entanto o nível de rejeição é bem grande – o telemarketing é um exemplo.

Com um perfil de consumidor cada vez mais exigente e questionador, uma ferramenta poderosa como as redes sociais,  que facilita e viabiliza o relacionamento entre empresa e consumidor com um baixo custo, o Inbound Marketing é uma estratégia eficaz para todos os tipos de segmentos de mercado.

Conheça os nossos serviços: www.maxisite.net

3 DICAS PARA FIDELIZAR SEUS CLIENTES

maxisite_05072018_FACEBOOK ou blog

Você já parou para pensar que na grande maioria das vezes o sucesso do seu negócio está ligado não ao que você vende, mas como vende? Esse é um princípio do processo de fidelização B2B (Business to Business).

Independente do segmento ou porte da sua empresa: pequeno, médio ou grande; para a grande maioria dos clientes o que importa é ter suas necessidades atendidas. Nesse sentido, as empresas que investem em entender os desejos dos seus clientes e nas soluções de seus problemas conseguem fortalecer sua presença no mercado.

Se fidelizar um cliente é mantê-lo fiel ao que você oferece, seja uma experiência, um produto ou um serviço, você precisa saber como fazer isso de maneira mais assertiva. Confira 3 dicas para fidelizar seus clientes!

1- Invista em um programa de fidelidade

Quem não gosta de ganhar uma promoção? Com o seu cliente não é diferente! Um programa de fidelidade, como o cartão fidelidade digital, permite que você crie as promoções que quiser no seu estabelecimento e conquiste cada vez mais clientes. Você disponibiliza promoções no celular do seu cliente e aplica as estrelas que desejar diretamente na sua área administrativa. Além disso, uma excelente vantagem do app é poder divulgar o seu cartão fidelidade através das redes sociais e manter os seus clientes informados das novidades no seu estabelecimento através de notificações push.

2- Conheça as necessidades do seu cliente

Não há como gerenciar suas estratégias de venda sem medir suas ações. Por isso, conhecer as necessidades do seu cliente e medir as ações que dão certo são duas medidas fundamentais para que ele continue fiel a sua empresa. Exemplos disso são o mapeamento do nível de satisfação com o seu produto e/ou serviço, uma comunicação mais efetiva e um relacionamento mais próximo com o seu cliente.

3- Lembre-se do pós-venda

Oferecer uma boa experiência para o seu cliente será um grande diferencial, já que grande parte das empresas não investe no pós-venda como deveria. Vendeu um produto e/ou serviço para o seu cliente? Agende um período após a primeira compra, que pode variar de 7 a 30 dias (de acordo com o seu segmento ou preferência), para entrar em contato e perguntar o que ele achou, se teve suas necessidades atendidas, entre outras coisas que podem ser pertinentes para o seu feedback e para demonstrar que o seu cliente é importante para a sua empresa.

 

Gostou das nossas dicas? Conheça os nossos serviços: ww.maxisite.net