Relíquias Tecnológicas: Tamagotchi

maxisite_13112018_blog

Estamos de volta aos anos 90, com a tag Relíquias Tecnológicas! Dessa vez vamos desembarcar no Japão, onde surgiu o tão amado tamagotchi. O bichinho virtual que é uma combinação da palavra tamago (ovo) com o inglês watch vendeu, desde o seu lançamento para outros países em 1996, mais de 76 milhões de unidades.

Quem se lembra da sensação de ligar o aparelho? Era só o ligar o tamagotchi para abrir um ovo na tela, da onde saía o bichinho de estimação. Podíamos alimentá-lo, limpar a sujeira que ele produzia, cuidar dele quando ele estava doente e até desligar a luz quando fosse a hora de dormir.

A boa notícia é que as pessoas, especialmente os amantes dessa relíquia tecnológica, podem encontrar facilmente na internet vários modelos do tamagotchi, inclusive o original.

O relançamento, que foi feito no ano passado, permite que o bichinho emita sons quando precisa de alguma coisa e pode ser resetado para a criação de outro animal, mas essa sensação nunca será como a dos anos 90 ou será que sim?

tamagotchi-2017-1-700x394

Acesse o nosso site e confira os nossos serviços: www.maxisite.net

Relíquias Tecnológicas: Jogo eletrônico “desafio”

maxisite_04092018

Do que você tem saudade? Estamos de volta aos anos 80, com uma relíquia que fez a alegria de muita gente! Com teclas super coloridas, de formato redondo e quase um instrumento musical, o Desafio era motivo pra reunir a criançada dessa geração.

Adivinhou de qual brinquedo estamos falando? Desafio, um jogo de oito sequências de cores e sons que deveria ser repetida pelo jogador “amador” ou “profissional”. A diferença da modalidade estava na velocidade de resposta que o jogador tinha que dar. Quem escolhia o modo amador tinha, claro, mais tempo para pensar na resposta. No modo profissional a resposta tinha que ser praticamente imediata.

O Desafio tinha outra funcionalidade além do jogo. Na função “órgão” ele poderia ser usado como um instrumento, cada cor reproduzia uma nota diferente. Uma brincadeira super divertida pra quem tocava e nem tanto assim pra quem ouvia.

Captura de tela de 2018-08-30 11:12:40

Desafio, o jogo eletrônico de 2ª geração

Acesse o nosso site e confira nossos serviços: www.maxisite.net

Relíquias Tecnológicas: Polaroid

maxisite_16072018_FACEBOOK I BLOG

Nossa tag Relíquias Tecnológicas está de volta! Dessa vez, a nostalgia é pela primeira câmera que estabeleceu o conceito de fotografia em tempo real: a polaroid. A tecnologia inovadora mudou os rumos da fotografia quando surgiu lá em 1948 com a Polaroid 95, lançada e vendida rapidamente.

A esse surgimento, devemos agradecer à filha de Edwin Land que durante as férias perguntou ao pai porque não poderia ver a foto no exato momento em que ela foi tirada. A solução apareceu anos depois, com o surgimento da primeira câmera instantânea.

No começo era preciso remover uma folha de cima da imagem para obter o resultado esperado. Mais tarde, em 1972, a Polaroid surgiu com um filme automático sem que houvesse a necessidade da intervenção do fotógrafo.

Para quem é fã da Polaroid existem modelos super clássicos disponíveis por aí, exemplo da Polaroid SX-70, a máquina mais vendida na década de 70,  além de algumas outras opções como a Polaroid 300 e a Grey Label.

polaroid-SX70

Polaroid XS-70, a mais vendida na década de 70

 

E você, tem seu modelo preferido? Conte pra gente!

 

Acesse o nosso site e confira nossos serviços: www.maxisite.net

Relíquias Tecnológicas: Pager

2018-06-22

Se você é da época que tinha que ligar pra uma central para anotarem a sua mensagem para o pager de alguém, seja bem-vindo ao relíquias tecnológicas!

O pager surgiu em 1949, quando foi inventado por Alfred J. Gross para ser utilizado no Hospital de New York Jewish, e foi liberado para fins comerciais só 10 anos depois. O aparelhinho era um walkie talkie mais desenvolvido que utilizava o sistema de rádio. Foi nos anos 80 e 90 que ele ficou popular.

Até 1992 ele era conhecido como “bip” por quase todos que o utilizavam, por causa da função de apitar ou vibrar ao avisar que uma mensagem tinha sido enviada para a central. Já os mais moderninhos exibiam a mensagem no visor do cristal líquido.

Quem nunca viu o tal do pager deve estar se perguntando como essa troca de mensagens funcionava. O envio das mensagens era feita a partir de uma central de atendimento, para a qual a pessoa ligava do telefone convencional e ditava a mensagem desejada para um atendente no style “Um momento, senhor, estamos enviando a sua mensagem.”

Você deve estar pensando “e quando o celular surgiu?”. Os dois tiveram um período de convívio pacífico até que os celulares começaram a ficar mais baratos e acessíveis e aí, é claro, o uso do pager acabou sendo descontinuado. E você, conheceu e usou o pager?

pager_veja

Reprodução: Pinterest

Acesse o nosso site e conheça nossos serviços: www.maxisite.net

Relíquias Tecnológicas: Walkman

maxisite_16052018

Quem é mais jovem pode até não se lembrar dele, mas o Walkman marcou a juventude dos anos 1980 e 1990. Quem é dessa época, sente uma nostalgia ao lembrar do reprodutor de áudio – que tinha rádio e toca-fitas – e acabou sendo substituído pelos tocadores de CDs e reprodutores de mp3. Pois é, o Walkman faz parte das nossas relíquias tecnológicas!

 Como era bom na época poder levar as nossas músicas favoritas pra qualquer lugar. Quase quatro décadas depois, não nos impressionamos com o orgulho da empresa japonesa responsável pelo walkman, esse produto que faz parte da memória afetiva de inúmeras pessoas! Não foi  à toa que a equipe de desenvolvimento da Sony em 1979 foi desafiada a lançá-lo antes das férias de verão daquele mesmo ano. Isso porque acreditava-se que todo jovem ia querer ouvir música a qualquer hora e em qualquer lugar. E não é que o desafio foi cumprido? O walkman foi apresentado à imprensa japonesa no dia 1º de julho de 1979, antes as férias de verão no país.

 E você pensa que pra criar foi assim, rapidinho? O nome já deu trabalho! Isso porque houve dúvidas a respeito do nome do walkman. Entre as sugestões cotadas estavam “Soundabout”, nos Estados Unidos, “Stowaway”, no Reino Unido, e “Freestyle”, na Suécia. Acabou que o nome walkman permaneceu forte e se tornou até sinônimo para os produtos estéreo para fone de ouvido. Depois disso, apareceu em dicionários respeitados em todo o mundo. A título de curiosidade, em 1981, foi listado em Le Petit Larousse, um conhecido dicionário francês, e, em 1986, o nome foi incluído no Oxford English Dictionary. Uau, né? Tá aí, mais um Relíquias Tecnológicas da Maxisite! Curtiu? Curta e compartilhe com os seus amigos e vamos nostalgiar juntos!

 

Primeiro Walkman produzido pela Sony, em 1979.

Acesse o nosso site e conheça os nossos serviços: www.maxisite.net