Análise SWOT: como ela pode ajudá-lo a vender mais

maxisite_blog_21052019

Você já ouviu falar em SWOT? Trata-se de uma análise usada para melhorar o planejamento estratégico de uma empresa, independente de seu porte. Aliás, se você está apreensivo com o número de vendas no seu negócio, ela pode ser bastante útil.

A palavra SWOT é um acrônimo dos termos em inglês: strengths, weaknesses, opportunities e threats, que significam, respectivamente: forças, fraquezas, oportunidades e ameaças. Por isso, a análise SWOT também é conhecida como Matriz FOFA. Dito isso, fica mais fácil entender qual o objetivo da ferramenta: fazer um diagnóstico das potencialidades e pontos fracos do seu negócio.

A Matriz SWOT é simples e intuitiva, sendo bastante eficiente na área de vendas para compreender o cenário interno e externo do seu negócio, identificar a posição da sua empresa junto aos concorrentes, prever situações externas que possam prejudicar o seu negócio, identificar seus pontos fracos e fortes, além de indicar ações que possam resolver algum tipo de problema. Neste caso, como estamos falando de vendas, especificamente sua queda ou estagnação, por exemplo.

Quando analisamos o aspecto ‘força’, por exemplo, precisamos identificar o que há de melhor no seu negócio. Por isso, perguntas como: o que a minha empresa faz de melhor? meus vendedores estão capacitados para vender meus produtos e/ou serviços? O que o meu time de vendas têm de melhor? Quais são os meus recursos disponíveis? Essa etapa é muito importante para avaliar os pontos fortes do seu negócio, já que eles serão importantes diferenciais competitivos.

Tão importante quanto avaliar os aspectos positivos é avaliar as ‘fraquezas’ do seu negócio. Sabe aquelas questões que atravancam o caminho para o sucesso? É delas que estamos falando. Se você quer passar por essa etapa com êxito é importante fazer perguntas como: o que falta na minha empresa? Quais as competências que os meus vendedores não têm? Será que minha empresa tem um funil de vendas adequado? Elencar tudo o que prejudica o seu crescimento é estar atento a uma das maiores inimigas da produtividade, a falta de conhecimento sobre o seu próprio negócio. Esses dois pilares, suas forças e fraquezas, fazem parte do ambiente interno da análise SWOT.

Um bom empreendedor está sempre atento às oportunidades, certo? Esse é o próximo aspecto a ser analisado pela Matriz SWOT. A partir dela é possível identificar pequenas, médias e grandes oportunidades de crescimento no mercado. Em outras palavras, algum evento do qual você possa tirar proveito, alguma parceria, algum curso de atualização, entre outras coisas.

Fazendo uma analogia a um prédio: se por um lado as oportunidades são donas da cobertura, elas têm como vizinha as ameaças. Ambas fazem parte do aspecto externo da Matriz SWOT. Isso quer dizer que é necessário ter um olhar constantemente atento, já que por não fazerem parte do controle interno, são questões mais fáceis de interferir no seu negócio. Se pudéssemos identificar que tipos de ameaças rondam a sua empresa, poderíamos citar: uma nova empresa do mesmo segmento que a sua, um produto novo criado pela concorrência, mudanças na legislação trabalhista, algum tipo de imposto que possa impactar no preço do seu produto, entre outras situações.

maxisite_blog_21052019_tabela

Gostou desse conteúdo e quer saber mais sobre o assunto? Conheça o nosso trabalho: www.maxisite.net | Fale com a nossa equipe: comercial@maxisite.net

Assine nossa newsletter:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>