People marketing: quem é a pessoa por trás das suas compras?

maxisite_BLOG_11102018

Sabe aqueles 4 p’s que você aprendeu, há muito tempo, quando pensava em estratégias de marketing para o seu negócio? Pois é, o tal do ‘preço, praça, produto e promoção’ perderam espaço! É claro que isso não ocorreu num estalo, mas se deu principalmente pela mudança na forma de nos comunicarmos com o nosso público-alvo.

Muitos segmentos ainda utilizam essa estratégia, ou seja, desenvolvem ou oferecem um bom produto, escolhem um bom preço, uma praça para distribuição, além de uma promoção irresistível. Isso se explica pela necessidade de gerar mais vendas, o que acaba justificando essa estratégia de massa em mercados, por exemplo. O problema é quando o P mais importante acaba sendo deixado de lado, o P de pessoa.

O People Marketing se preocupa com a pessoa por trás de cada interesse, curtida, comentário, clique, visita ao site, compra realizada ou compra abandonada no carrinho. Seu objetivo é permitir que você ofereça ao seu potencial cliente aquilo que ele realmente precisa, o que garante a conversão sem muito esforço. Uma vantagem dessa estratégia é não deixar a pessoa com a sensação de inconveniente, já que você escolherá o melhor momento e canal para contato, além da mensagem mais humanizada possível.

Agora você deve estar se perguntando, mas qual a diferença entre People Marketing e Remarketing? O Remarketing tem por objetivo apenas vender, logo não há uma preocupação do anúncio aparecer em todos os cantos para determinada pessoa. Claro que essa estratégia é bastante pertinente, dependendo dos seus objetivos. – Leia também Remarketing: como usá-lo a favor do seu negócio. Por outro lado, o People Marketing se preocupa com a identificação e necessidade de cada pessoa, a fim de um contato mais humanizado possível, até retê-la enquanto cliente. A jornada do People Marketing seria, então, a de identificação (visitantes) -> engajamento (pessoas) -> conversão (oportunidades) -> retenção (clientes).

Com um consumidor cada vez mais exigente e questionador é necessário que haja uma forte identificação com a sua marca, privilegiando o relacionamento entre empresa e potencial e cliente e só então depois haja a conversão (venda).

 

Curtiu esse conteúdo? Confira em nosso site serviços que podem ajudar você a ter sucesso no seu negócio: www.maxisite.net

Vença a crise com o Cartão Fidelidade Digital

maxisite_BLOG_27092018(1)

Vencer a crise pode parecer impossível, mas quando o assunto é sucesso não pode faltar persistência, dedicação e muita vontade! Mas, afinal de contas, como um programa de fidelidade pode ajudar você?

1. Fidelizando seus clientes: ​diante da crise que afeta o país é muito importante manter sua carteira de clientes crescendo, né? A ideia de um cartão fidelidade não é somente vender mais, mas vender por mais tempo.

O Cartão Fidelidade aumenta os resultados do seu negócio a curto e a longo prazo, podendo ser usado por pequenos, médios e grandes negócios. Não importa se você está abrindo um negócio agora ou se está no mercado há algum tempo, temos certeza de que o cartão fidelidade vai ajudá-lo a ter sucesso!

Atualmente, quase 500 mil brasileiros estão empreendendo informalmente, por causa da falta de emprego no Brasil. Aliás, se você está abrindo um negócio você já é uma pessoa de sucesso! E deve se preocupar principalmente em conseguir sua clientela. De que forma? Através de promoções, que podem ser criadas como um plus da inauguração do seu estabelecimento!

Exemplos:

Na compra de 3 sanduíches, ganhe um suco!

Na compra de 5 cortes, ganhe uma escova!

Complete 5 estrelas e ganhe pé e mão!

Complete 10 estrelas e ganhe um brinde exclusivo!

Caso você já esteja no mercado, o Cartão Fidelidade Digital é um excelente gatilho para continuar oferecendo experiências positivas e vantagens para os seus clientes!

Agora você deve estar se perguntando, “mas o esforço de atrair as pessoas pela primeira vez é muito maior”. O real desafio é o de manter as pessoas consumindo seus produtos e/ou serviços, principalmente diante da concorrência que às vezes pode oferecer preços menores. Como vencer a concorrência, então? Oferecendo o que ela não oferece, EXPERIÊNCIA​!

2. “Alimentando” o sentimento de novidade no seu estabelecimento: quem não adora uma novidade? Você pode alimentar esse sentimento no seu estabelecimento de forma muito simples! Possibilitando o ganho de alguma coisa para os seus clientes: um produto que você vende na loja, ao completar o programa de pontos, um brinde exclusivo, descontos progressivos e muito mais. Lembre-se de que a novidade é um aspecto super importante para fidelizar​ o seu cliente!

3. Oferecendo uma experiência ímpar: ​imagine que você crie uma promoção no seu salão de beleza. A sua cliente precisa completar 5 estrelas, ou seja, a cada serviço feito no seu salão ela ganha uma. Estrelas completadas, ela pode ganhar um corte de cabelo, uma massagem relaxante, ou o que você quiser, e ainda pode levar uma amiga.

Essa ação não só é capaz de reter a cliente que já frequenta o seu salão de beleza, como também abre portas para que você conquiste uma nova cliente (a amiga dela).

A experiência aqui é ter um dia relaxante, depois de um dia agitado no trabalho, com a amiga que ela simplesmente adora estar junto, mas que talvez não tenha tempo de encontrar com a frequência que gostaria.

4. Permitindo que você conheça mais a fundo os seus clientes: além de potencializar a fidelidade dos seus clientes antigos e conquistar novos, você também acaba aprendendo mais sobre os hábitos de compra do seu consumidor, seus desejos e necessidades e pode até até pensar em novos produtos ou promoções com base nas suas observações.

5. Usando os canais de comunicação a seu favor: com o Cartão Fidelidade Digital você divulga as promoções que quiser, com a quantidade de estrelas que desejar, e divulga o seu app através das redes sociais, whatsapp ou e-mail, aplicando os pontos diretamente pelo celular!

 

Agora, com todas essas dicas, o resultado só pode ser um: SUCESSO! Mãos à obra!

Contrate diretamente pelo site: www.cartaofidelidadedigital.com.br

Mais informações ou dúvidas, whatsapp: (24) 98839-6811

Cartão Fidelidade: 5 vantagens para o seu negócio

maxisite_25092018_alt2

Um desafio constante de quem tem um negócio, independente do segmento, é manter o cliente fiel à marca. Isso explica a preocupação de grande parte das empresas em pensar em estratégias inovadoras e eficientes para oferecer aquilo que atende às necessidades do seu consumidor.

Mas por que será que essas empresas, as que entendem o que o seu consumidor deseja, têm mais chances de fidelizá-los? Simples, oferecer soluções é a melhor maneira de se manter forte no mercado e ter clientes fiéis. Por isso mesmo, as promoções fazem tanto sucesso e são bem-vistas por aqueles que já são clientes.

Ter um Cartão Fidelidade é ter a consciência da necessidade de manter seus clientes, principalmente diante da crise no país, e traz vantagens importantes para o seu negócio!

  1. Você vende mais: a ideia de um cartão fidelidade não é somente vender mais, mas vender por mais tempo. Por isso, o cartão fidelidade aumenta os resultados do seu negócio a curto e a longo prazo, podendo ser usado por pequenos, médios e grandes negócios.

  1. Você “alimenta” o sentimento de novidade: lembra da inovação que falamos logo no começo? A inovação no marketing corresponde a novidade no seu estabelecimento, um importante aspecto a ser levado em consideração para reter o seu cliente. Todo mundo adora uma novidade, principalmente quando ela possibilita o ganho de alguma coisa: um produto que você vende na loja, um brinde exclusivo, descontos progressivos, entre outros.

  1. Experiência ímpar para o seu cliente e para quem ainda não é (mas vai ser): também é imprescindível tocar na palavra experiência, porque o cartão fidelidade abre janelas de oportunidades quando o assunto é esse. Imagine que você crie uma promoção no seu salão de beleza. A sua cliente precisa completar 5 estrelas, ou seja, a cada serviço feito no seu salão ela ganha uma. Estrelas completadas, ela pode ganhar uma massagem relaxante ou o que você quiser. No caso da massagem relaxante, ela ainda pode levar uma amiga.

    Entende como o cartão fidelidade é capaz de não só reter a cliente que já frequenta o seu salão de beleza, como também conquistar uma nova cliente (a amiga dela)? A experiência aqui é ter um dia relaxante, depois de um dia agitado no trabalho, com a amiga que ela simplesmente adora estar junto, mas que talvez não tenha tempo de encontrar com a frequência que gostaria.

  1. Você conhece os hábitos de compra dos seus clientes: além de potencializar a fidelidade dos seus clientes antigos e conquistar novos, você também acaba aprendendo mais sobre os hábitos de compra do seu consumidor, seus desejos e necessidades e pode até até pensar em novos produtos ou promoções com base nas suas observações.

  1. Você usa os canais de comunicação a seu favor: com o Cartão Fidelidade Digital você divulga as promoções que quiser, com a quantidade de estrelas que desejar, e divulga o seu app através das redes sociais, whatsapp ou e-mail, aplicando os pontos diretamente pelo seu computador! Assim: sem papel, caneta ou carimbo!

Quer saber todas as vantagens do Cartão Fidelidade Digital para o seu negócio? Saiba mais: https://www.cartaofidelidadedigital.com.br/

Business Intelligence: o que é e para o que serve?

maxisite_18092018

Você já ouviu falar em BI, ou melhor, business intelligence? Por décadas os empreendedores usavam a experiência no mercado para tomar decisões importantes, mas com o grande avanço tecnológico essa forma de lidar com o próprio negócio mudou de cenário. Abriu-se um espaço para a tomada de decisões estratégicas baseadas em coletas de dados, informações essas adquiridas de algum sistema para ação e monitoramento dos melhores resultados para o seu negócio.

A percepção dos insights e o monitoramento de ações são só algumas das vantagens do business intelligence, você ainda pode contar com novas janelas de oportunidades, identificar custos excedentes e, a partir disso, otimizar preços, além de ter uma gestão muito mais eficiente e otimizada do seu negócio de maneira geral.

Imagine que você tem um sexshop e que seu carro-chefe sempre foi um vibrador da marca x, que já está há algum tempo no mercado. Com o software específico de BI, além do seu e-commerce, você também monitora o interesse pelo produto através das redes sociais, um importante e pertinente indicador para o seu segmento. No entanto, com uma análise detalhada, o produto que antes era seu nº 1 no ranking de vendas teve uma queda brusca de vendas, cerca de 50%. Informação identificada, você descobre que outro produto da mesma marca, só que mais moderno e com mais funcionalidades – com 3 modos de vibração a mais que a versão anterior e à prova d’água – teve um aumento na procura, em cliques e vendas. A partir daí, é possível relacionar cada um dos modelos a uma experiência e proposta diferente um do outro. Como assim? O modelo que é à prova d’água, por exemplo, vai bem na mala se você for viajar pra algum lugar diferente e quiser relaxar, unindo a experiência de conhecer um lugar novo a experiência de conhecer novos modos de vibração. Por que não?

Para continuar no mercado é necessário conhecer as tendências e os hábitos de compra do seu cliente, só assim você saberá qual direção deve tomar para alcançar melhores resultados.

Conte com a Maxisite, conheça nossos serviços: www.maxisite.net

Inbound marketing x Outbound marketing

maxisite_11092018

Quando falamos em inbound e outbound marketing estamos falando de duas estratégias ou modelos completamente diferentes, será que você já sabe que diferenças são essas e como elas repercutem no seu negócio?

A primeira coisa que precisamos desmistificar é a ideia de que há um modelo perfeito. Ambos podem ser eficazes, dependendo das suas necessidades e objetivos. Enquanto no Inbound Marketing a atenção é voltada para o cliente de forma espontânea e orgânica, no Outbound Marketing temos uma abordagem bem mais agressiva, movimentada principalmente pelas vendas.

A estratégia no Inbound Marketing é movida pela ideia de que é preciso nutrir o público-alvo, com conteúdos relevantes, gerando tráfego e leads, a fim de manter essas pessoas engajadas para que elas se tornem clientes. Não é nenhuma novidade que uma das ferramentas mais usadas no Inbound Marketing é o SEO. Afinal, você precisa ter um bom posicionamento nos mecanismos de busca a partir das principais palavras-chave relacionadas ao seu negócio.

Mas e na conversão? Landing pages podem ser uma excelente opção na captação de leads e conversão em clientes, por exemplo. Outros exemplos que podem ser usados no funil de vendas são: criação de conteúdos para blog e google adwords para atração de tráfego; criação de landing pages e uso de call to action para conversão desse tráfego em leads e, finalmente, marketing de conteúdo nas redes sociais para converter leads em clientes. E tem mais, com o Inbound Marketing você gasta bem menos do que no Outbound Marketing, já vimos o porquê – atração orgânica.

Do mesmo modo que a palavra cativar diz muito a respeito do Inbound Marketing, a expressão ir direto ao ponto diz muito sobre o Outbound Marketing. Embora muitas empresas prefiram o Inbound Marketing, ainda há empresas que utilizam o Outbound Marketing. Nesse modelo é possível montar um banco de dados com informações pertinentes para o departamento comercial sobre os clientes, no entanto o nível de rejeição é bem grande – o telemarketing é um exemplo.

Com um perfil de consumidor cada vez mais exigente e questionador, uma ferramenta poderosa como as redes sociais,  que facilita e viabiliza o relacionamento entre empresa e consumidor com um baixo custo, o Inbound Marketing é uma estratégia eficaz para todos os tipos de segmentos de mercado.

Conheça os nossos serviços: www.maxisite.net