10 dicas para seu tempo render

A falta de tempo é um problema crônico e motivo de muitas queixas no mundo corporativo. Profissionais de todos os segmentos e de escalões, de alto a baixo, lamentam não ter mais tempo para realizar todas as tarefas do dia, inclusive as pessoais.

Segundo o consultor empresarial Maurício Seriacopi, a síndrome da falta de tempo cada vez mais se faz percebida pelos profissionais em função da exigência cada vez maior por metas e resultados e também pela velocidade da informação.

“A tendência é que a pressão por desempenho e o bombardeio de informações cresça sempre mais. Portanto, não adianta reclamar da falta de tempo. O importante é saber como administrá-lo. Enquanto a maioria vive correndo atrás de tempo, os profissionais bem-sucedidos correm a favor e aprenderam como controlá-lo”, explica Seriacopi.

Na opinião do especialista, o uso inadequado das ferramentas de comunicação, como, por exemplo, o email, força o profissional a realizar diversas tarefas simultaneamente, aumentando assim o seu desgaste e a probabilidade de erros e, conseqüentemente, retrabalhos. “Quanto mais desorganizada, mais a pessoa tende a desperdiçar o tempo. E em tempos onde ele anda escasso, qualquer desperdício faz muita diferença”, lembra o consultor.

Para quem deseja fugir dessa ciranda, há algumas atitudes práticas que podem ajudar a administrar melhor o tempo, segundo Maurício Seriacopi. Confira as dicas:

10 dicas para seu tempo render

01. Altere a configuração do seu programa de email para que as mensagens sejam baixadas em maior tempo. Por exemplo, a cada 30 minutos. Essa medida evita que, cada vez que você receba uma mensagem, pare o que está fazendo para ler o e-mail.

02. Contenha-se a não abrir programas de comunicação ou sites que possam interromper suas atividades ou gerar dispersão.

03. Utilize o tempo de espera em uma recepção para ler um bom livro para seu lazer ou uma literatura específica que contribua com seu desenvolvimento profissional.

04. Mantenha sempre próximo e com fácil acesso, um bloco e caneta, ou equipamento com esse recurso, para anotações de insights, lembretes de atividades e compromissos.

05. Durante deslocamentos, seja dirigindo ou em transporte coletivo, faça uso de recursos auditivos para aprimorar seu idioma ou ouvir um audiobook sobre um assunto que tenha interessa.

06. Se você tem uma certa compulsão em ficar navegando na internet, especialmente nas redes sociais além do tempo, desconecte a fonte de energia do seu notebook e assim, quando terminar a carga da bateria, automaticamente você irá parar.

07. É necessário, principalmente no mundo corporativo, estar cercado de pessoas competentes e comprometidas. Ter bons pares ou boa equipe de trabalho, permite compartilhar e delegar mais as tarefas e propicia a possibilidade de fazer outras coisas, inclusive voltadas ao cuidado com sua saúde ou aprimoramento profissional.

08. Nenhuma ferramenta te ajudará se você não definir onde quer chegar. O planejamento é a arma mais importante para quem quer se organizar. Portanto, prepare-se!

09. Tentar abraçar o mundo pode ser tentador, mas para alcançar resultados satisfatórios sem se matar de trabalhar, é preciso escolher com inteligência e racionalidade. Tenha foco e faça uma coisa de cada vez.

10. Resolva os problemas até o fim. Jamais esqueça que, direta ou indiretemente, pessoas dependem de você. Se referência e mostre-se organizado e com disposição. Disciplina é fundamental.

Fonte: Administradores

Tempo de resposta das empresas nas redes sociais

Estudo exclusivo do Scup revela quanto as marcas demoram para responder aos seus clientes no Facebook e no Twitter.

Dando continuidade a uma série de infográficos exclusivos, como “Os horários nobres do Facebook no Brasil” e “Os horários nobres do Twitter no Brasil”, o Scup traz para você mais um estudo revelador sobre o mercado.

Desta vez, resolvemos investigar o tempo que as empresas brasileiras estão levando para responder aos seus clientes nas redes sociais. O material foi concebido com base em total de 225.310 respostas enviadas por nossos clientes via Scup no 2º semestre de 2012.

O infográfico, que você confere a seguir, mostra dados do Facebook e do Twitter, com a soma das informações sobre as duas plataformas ao final. Observe que, no Twitter, a quantidade de respostas dadas em menos de 24 horas é bem maior (94%) do que no Facebook (84%). Além disso, a rede dos 140 caracteres também é o espaço em que as respostas em menos de um dia acontecem em menos tempo: 2 horas e 15 minutos, contra 4 horas e 30 minutos no Facebook.

Uma possível explicação é que, ao contrário do Facebook, os perfis no microblog em geral são públicos, o que facilita o monitoramento. Em segundo lugar, aparentemente se convencionou que o Twitter é um canal de SAC, o que não vale para o site de Mark Zuckerberg. Dessa forma, as equipes de atendimento das empresas estariam mais estruturadas ao redor do microblog, o espaço tradicional das reclamações.

Outro dado interessante é que, de forma geral, dezembro foi o mês em que as empresas responderam mais rápido aos seus clientes, talvez por ser o período do ano em que se concentram várias promoções e campanhas, por ocasião do Natal.

 

Fonte: Blog Criativo