Gmailify: As Funcionalidades do Gmail no Seu Provedor de E-mails

gmailify

Você já conhece o Gmailify?

O provedor de e-mail do Google (Gmail) tem sido amplamente utilizado devido às funcionalidades que oferece. As ferramentas do provedor atuam de forma integrada, facilitando a vida daqueles que a utilizam. A boa notícia é que desde o dia 17 de fevereiro deste ano, mesmo aqueles que não possuem uma conta no Gmail poderão desfrutar de alguns de seus benefícios com o Gmailify.

  Continue lendo…

Diferença entre Perfil e Fanpage no Facebook

shutterstock_70913512-e1422301671736

Por que meu negócio precisa de uma fanpage? Não posso apenas criar um perfil no facebook?

 

Sabe aquele texto gigante, que ninguém nunca lê, mas sempre clica em “Li e concordei com os termos acima.” O famoso Termos de Serviço… Então, lá o Facebook deixa bem claro que o perfil é destinado para pessoa física, e as Fanpages destinadas a ONGS, agências, empresas, etc…

Continue lendo…

Desembolando o Nó Fiscal do ICMS Para o E-Commerce.

icms

Em setembro de 2015 foi publicado no Diário Oficial que em janeiro de 2016 entraria em vigor o novo processo do ICMS para as empresas participantes do SIMPLES NACIONAL. A justificativa era que os estados que possuem uma grande quantidade de lojas on-line (como São Paulo, que hoje em dia realiza mais de 40% das vendas online) estavam prejudicando estados com uma porcentagem menor de vendas pelo e-commerce, como o Norte e Nordeste.  Por isso, o governo brasileiro criou uma nova regulamentação que distribui de forma mais igualitária a renda recolhida pelo imposto sobre circulação de mercadoria e serviço.

 

Antes da emenda, o ICMS era emitido e calculado pela empresa que vendia o produto de acordo com as regras do Estado de origem. Desde o dia 1° janeiro de 2016 a alíquota do ICMS deve ser dividida entre o estado emissor da mercadoria – que ficará com 60%, e o estado comprador – que ficará com o equivalente a 40%.

 

Ao longo dos próximos anos essa proporção vai mudar gradualmente, até atingir 100% para o estado destinatário, em 2019. Mas como assim? Não entendi direito esse processo. Não se preocupe. Você não está sozinho. Vou tentar exemplificar isso.

 

passo a passo:

 

verificar alíquota interestadual

verificar alíquota interna destino

alíquota interna – alíquota interestadual = ICMS partilhado (%)

valor do produto * ICMS partilhado (%) = valor a ser partilhado (60% para estado de origem 40% para estado de destino)

 

Exemplo prático:

 

Vamos supor uma venda de SP para RJ, no valor de R$100,00. A conta ficaria:

Alíquota interestadual 12%

Alíquota interna 19%

19% – 12% = 7% (ICMS partilahado)

R$100,00 * 7% = R$7,00

RJ: R$2,80

SP: R$4,20

Como será feita a arrecadação do imposto?

Para facilitar a arrecadação do imposto é importante que o empresário se cadastre nas Secretarias da Fazenda dos estados para onde vai vender.  Assim o recolhimento pode ser feito mensalmente, com o vencimento do 15º dia de cada mês.  Caso o contrário, será necessário gerar uma GNRE a cada operação.

Tem mais alguma coisa que eu precise saber?

Transportadoras que ignorarem as novas regras e transportarem produtos que não estão de acordo com o regulamento proposto da Emenda Constitucional 87/2015 podem sofrer penalidades.

para mais informações sobre as alíquotas: http://www.fiscontex.com.br/legislacao/ICMS/aliquotainternaicms.htm
http://www.fazenda.sp.gov.br/download/ec87_2015/apresentacoes_FIESP_151215.pdf

 

O Botão Motivador de Cada Um

motivação

Muito se fala em como motivar e converter um lead em cliente, seja ele um passante em uma calçada olhando sua vitrine ou um visitante em um site. Muitas técnicas e métodos já foram empregados e constituídos no mercado e todos sempre valorosos e de real importância. Nessa situação toda ajuda sempre é muito bem-vinda.

Continue lendo…