5 mitos de E-mail Marketing desmascarados

emkt

O E-mail Marketing continua sendo uma das práticas na internet que, apesar de seu tempo de existência, realmente mostra resultados. Mas não podemos nos deixar levar pelo número de pessoas que atinge, pois qualidade se mostra bem mais necessário que a quantidade.

Alguns profissionais já especularam seu fim, mas o que realmente pode estar acontecendo é o mau uso de suas ferramentas e não aproveitamento dos resultados que o E-mail Marketing disponibiliza.

Veja alguns dos mitos que já circularam pela internet e o porque de estarem errados:

 

Mito: O E-mail Marketing está morto

Verdade: O E-mail Marketing está vivo e muito bem.

Na última década muitos tentaram noticiar a queda do E-mail Marketing. Esse mito foi lançado por muitos executivos que lançaram suas campanhas no piloto automático e esperavam ter bons resultados, sem ligar para personalização e conteúdo de qualidade.

Foi avaliado que, até 2017, o mercado global de E-mail Marketing irá atingir 15,7 milhões de dólares.

 

Mito: Há definitivamente um horário “melhor” para enviar e-mails.

Verdade: O melhor horário depende do seu público específico.

De acordo com dados, o horário em que há a maior probabilidade de abertura dos e-mails é 10:00 na terça feira e 15:00 na quinta-feira. Nesse sentido, a sabedoria técnica é verdade e trará resultados mesmo que não sejam os desejados.

Para otimizar os resultados é necessário estudar as campanhas e as listagens de e-mail. O consumidor específico exige um ‘timing’ mais planejado.

 

Mito: A frequência dos e-mails deve ser a mesma para todos os clientes.

Verdade: Alguns clientes preferem menos ou mais comunicações por e-mail.

O profissional deve saber as preferências do público da empresa em questão, além de analisar os contatos com testes e segmentação. Se um negócio envia campanhas testadas previamente e bem direcionadas, clientes irão estar dispostos a abrir estes e-mails com frequência maior.

O objetivo é mirar nos que interagem com maior frequência e dar mais espaço ao restante dos contatos.

 

Mito: Evite palavras consideradas “spam” no título ou corpo do e-mail.

Verdade: O uso de algumas palavras não significa necessariamente que o e-mail cairá na categoria Spam.

Os grandes prestadores de serviço na internet estão mudando o modo com que os e-mails são entregues. Se o e-mail utilizado para envio tem uma boa reputação, as palavras são avaliadas de forma melhor.

Não tenha medo de utilizá-las. Teste, teste e teste novamente para entender o que funciona melhor.

 

Mito: Não importa se o consumidor é novo ou antigo.

Verdade: Consumidores antigos podem aumentar as vendas.

Muitos profissionais cometem o erro de tratar consumidores e listagens como números, ao invés de pessoas. Focam em quantidade e não qualidade, sacrificando o valor do cliente antigo.

Evidências mostram que, ao comprar novamente, o consumidor gasta, em média, 67% a mais do que em sua primeira compra.

A análise pode ajudar a identificar os consumidores leais e suas preferências, fazendo com que possam ser enviadas mensagens mais específicas e, como consequência, aumentando as vendas.

 

Entre em contato conosco e entenda melhor o motivo do seu negócio precisar de um serviço de E-mail Marketing de qualidade. www.maxisite.net/contato

Artigo original no Business News Daily.

Assine nossa newsletter:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>