EAD é a Modalidade De Ensino Que Mais Cresce No Brasil

EADO Ensino a Distância (EAD) é a modalidade de ensino que mais cresce atualmente no Brasil. A expansão EAD ocorre devido a grandes diferenciais oferecidos pela modalidade EAD. A arma mais importante é a flexibilidade de horários, já que o aluno não fica preso a horários estipulados pela instituição. De acordo com o censo divulgado pela Associação Brasileira de Educação a Distância (Abed) o ensino superior atingiu 7.037.688 de matrículas na graduação. O número de calouros foi 2.747.089, um crescimento de novas matrículas de 17,1%.

 Os cursos a distância e as faculdades que oferecem o ensino a distância vem se multiplicando ano após ano e a tendência é que essa procura aumente ainda mais. O EAD pode ser dividido em três gerações. A primeira geração foi caracterizada pelos cursos por correspondência. Nesse tipo de curso, o aluno recebia o material solicitado em casa, com conteúdos e exercícios a respeito do tema que seria estudado. Um bom exemplo dessa geração é o Instituto Universal Brasileiro, que utilizava as correspondências para ensinar e treinar os alunos para o mercado de trabalho. A segunda geração do Ensino a Distância no Brasil se deu a partir dos anos setenta, quando o foco principal ainda eram os materiais impressos, mas também fitas de vídeo, programas da televisão, etc.

O Telecurso é um programa que exemplifica essa geração. Nessa mesma época, na Europa e nos Estado Unidos já surgiam as primeiras Universidades Abertas. A terceira e última geração é classificada pelos dias atuais, pela expansão EAD. Nessa geração a tecnologia está totalmente integrada, os alunos utilizam os mais diversos recursos, como computadores conectados à internet, e o número de estudantes cresceu muito.

 

A faixa etária presente na modalidade a distância também difere do ensino presencial. Nos cursos a distância 50% dos alunos tem até 32 anos, 25% tem até 26 e 25% tem mais de 40 anos. A média de idade dos cursos a distância é 33 anos, enquanto que nos cursos presenciais essa média é de 26 anos. Pode-se concluir com isso que a educação a distância atende a pessoas mais velhas do que nos cursos presenciais.

 

Ainda de acordo com o Censo, os 10 cursos de EAD mais procurados no Brasil são:

• Pedagogia com 34,2% das matrículas.

• Administração com 27,3% das matrículas.

• Serviço social com 8,1% das matrículas.

• Letras com 5,9% das matrículas.

• Ciências contábeis com 3,6% das matrículas.

• Matemática com 2,8% das matrículas.

• Ciências biológicas com 2,3% das matrículas.

• História com 2,0% das matrículas.

• Comunicação social com 1,9% das matrículas.

• Ciências ambientais com 1,6% das matrículas.

 

Os dados do Censo do Ensino a Distância (EAD) feito pela Associação Brasileira de Educação a Distância (ABED) mostraram como a educação superior privada tem ganhado destaque sobre a pública em EAD. Esse crescimento acontece desde o ano de 2005 e aumenta a cada ano.

O MEC mantém um rigoroso controle sobre a avaliação e o credenciamento de cursos de graduação a distância no Brasil. Com a expansão EAD, manter o controle da qualidade dos cursos é fundamental para que cada vez mais alunos possam fazer esse tipo degraduação. Ou seja, mais importante do que o tipo de modalidade e a quantidade de matrículas, é a qualidade do ensino oferecido e a formação de um bom profissional.

 

Distribua suas aulas online pelo nosso sistema de ensino a distância www.maxisite.net

Fonte: EAD

Assine nossa newsletter:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>