As Principais Mudanças No Algoritmo Google Nos Últimos Anos

google

O Google sofreu muitas alterações desde que surgiu. Ser bem rankeado no Google era fácil, mas o buscador foi ficando cada vez mais inteligente e mudando seu algoritmo para oferecer aos usuário melhores resultados.

Os passos para conseguir uma boa posição eram basicamente dois:

  • Lotar o site de palavras chave

  • Conseguir o maior número de links que puder

Para isso as pessoas trocavam links, compravam links, escondiam palavras-chave e utilizavam diversas táticas para enganar o sistema.  Cada vez que o Google encontrava uma fraqueza na sua habilidade de entregar conteúdo relevante e de alta qualidade ao internauta, ele fazia e ainda faz mudanças no seu algoritmo para corrigir isto.

Uma das mais recente atualizações criou um estardalhaço no mundo dos sites. O crescente número de dispositivos móveis fez com que o Google resolvesse dar ênfase em sites otimizados a ele. Sites não adaptados descem  no ranking.

Curioso para saber quais foram as principais mudanças no algoritmo nos últimos anos?

Veja agora as atualizações que fizem mais diferença no mundo SEO.

  • BOSTON – Mais ênfase na qualidade de backlinkis;

  • CASSANDRA – Restrição de links vindos do mesmo domínio, texto e links escondidos;

  • DOMINIC – Melhoras na contagem e reportagem de backlinks;

  • FLORIDA – Restriçaõ de sites lotados de palavras-chave e outras práticas “sujas”;

  • JUSTIN – Restrição de texto “invisível” e meta tags lotadas de palavras-chave;

  • ALLEGRA – Restrição de links que pareciam suspeitos;

  • BOURBON – Melhoras na leitura de conteúdo duplicado e não aprovado;

  • PERSONALIZED SEARCH – Os resultados começaram a considerar histórico de pesquisa;

  • JAGGER – Restrição de links recíprocos, link farms e links pagos;

  • VINCE – Grandes marcas ganham impulso nas páginas de resultados;

  • VENICE – Resultados mais locais em pesquisas gerais;

  • PENGUIM – Restrição de esquemas de links em e sites lotados de palavras-chave;

  • EXACT MATCH DOMAIN – Restrição de baixa qualidade que tinham palavras-chaves nos nomes de seus domínios;

  • HTTPS/SSL UPDATE – O Google começa a preferir sites seguros;

  • MOBILE FRIENDLLY – Sites otimizados sobem nos rankings, enquanto aqueles que não estão otimizados descem.

Fonte: Hubspot

Assine nossa newsletter:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>